Envisionar
Incorporar
Compreender
Refletir

Uma viagem à melhor versão de ti próprio!

Mencionado em

Estrutura do curso

Modelo transformacional mindblackout

Na 6ª edição do curso, especialistas das áreas de Medicina, Psicologia, Engenharia e Artes integram
conhecimentos de Neurociência na construção de um modelo de transformação.

Agencialidade

As valências aqui mencionadas fazem rodar o modelo nas 4 áreas
de transformação interligadas entre elas. O modelo é movido
pela “agencialidade”/ação de cada participante, através de novos
conhecimentos, experiências e reflexão em grupo, dentro dos
contextos das suas vidas e de projetos pessoais e coletivo.

Compreender

Este pilar integra o conhecimento científico das neurociências
e da psicologia para criar uma base sólida de compreensão das
facetas complexas da mente humana. Os participantes exploram
os princípios básicos do funcionamento mental e aprendem a
aplicá-los para enfrentar desafios pessoais e sociais.
Esse entendimento a visa orientar para as transformações
desejadas de maneira mais eficaz e informada.

Incorporar

A etapa “habitar” envolve trazer a visão para a experiência física,
emocional e cognitiva. Novos comportamentos, atitudes e hábitos são
alinhados com a visão. Um pouco como experimentar uma nova identidade,
ou competência, e incorporar essa experiência no dia a dia. Habitar
permite integrar a visão, ou o projeto, com a realidade.
Os participantes aprendem a estar presentes nas suas experiências
quotidianas, cultivando a atenção plena e a aceitação. Isso promove a
auto-compreensão e a empatia, habilidades essenciais para uma
inteligência conciliadora, tão importante no processo de transformação
e criação.

Envisionar

É a capacidade de imaginar e criar visões positivas e
transformadoras para o indivíduo e sociedade. Os
participantes são incentivados a visualizar um projeto
e a definir metas realistas que direcionem para o seu
rescimento pessoal e contribuição para a comunidade.
Trata-se de criar uma imagem clara do que queremos ser
ou criar como projeto. Envisionar é fundamental para
todo o processo de transformação ao estabelecer direção
e metas à nossa intencionalidade. Ajuda a esclarecer as
nossas aspirações/sonhos/desejos/objetivos, metas e
motivações.

Refletir

A reflexão é incentivada como meio de análise e aprendizagem contínuos.
Os participantes são guiados a explorar as suas experiências, pensamentos
e emoções de maneira crítica e autêntica. Através desse processo, os
participantes ganham uma compreensão mais profunda de si mesmos e das suas
relações com os outros.
Refletir convida a explorar as nossas experiências e pensamentos de maneira
profunda. Esta prática permite a auto-reflexão e insights transformadores,
que promovem e proporcionam a compreensão de nós próprios e dos outros em
níveis mais profundos.

Agencialidade

As valências aqui mencionadas
fazem rodar o modelo nas 4 áreas
de transformação interligadas entre
elas. O modelo é movido pela
“agencialidade”/ação de cada
participante, através de novos
conhecimentos, experiências e
reflexão em grupo, dentro dos
contextos das suas vidas e de
projetos pessoais e coletivo.

Compreender

Este pilar integra o conhecimento científico das neurociências e da psicologia para criar uma base sólida de compreensão das facetas complexas da mente humana. Os participantes exploram os princípios básicos do funcionamento mental e aprendem a aplicá-los para enfrentar desafios pessoais e sociais. Esse entendimento a visa orientar para as transformações desejadas de maneira mais eficaz e informada.

Incorporar

A etapa “habitar” envolve trazer a visão para a experiência física, emocional e cognitiva. Novos comportamentos, atitudes e hábitos são alinhados com a visão. Um pouco como experimentar uma nova identidade, ou competência, e incorporar essa experiência no dia a dia. Habitar permite integrar a visão, ou o projeto, com a realidade. Os participantes aprendem a estar presentes nas suas experiências quotidianas, cultivando a atenção plena e a aceitação. Isso promove a auto-compreensão e a empatia, habilidades essenciais para uma inteligência conciliadora, tão importante no processo de transformação e criação.

Envisionar

É a capacidade de imaginar e criar visões positivas e transformadoras para o indivíduo e sociedade. Os participantes são incentivados a visualizar um projeto e a definir metas realistas que direcionem para o seu rescimento pessoal e contribuição para a comunidade. Trata-se de criar uma imagem clara do que queremos ser ou criar como projeto. Envisionar é fundamental para todo o processo de transformação ao estabelecer direção e metas à nossa intencionalidade. Ajuda a esclarecer as nossas aspirações /sonhos/desejos/objetivos, metas e motivações.

Refletir

A reflexão é incentivada como meio de análise e aprendizagem contínuos. Os participantes são guiados a explorar as suas experiências, pensamentos e emoções de maneira crítica e autêntica. Através desse processo, os participantes ganham uma compreensão mais profunda de si mesmos e das suas relações com os outros. Refletir convida a explorar as nossas experiências e pensamentos de maneira profunda. Esta prática permite a auto-reflexão e insights transformadores, que promovem e proporcionam a compreensão de nós próprios e dos outros em níveis mais profundos.

Testemunhos

Viagem Mindblackout

1
2
3
4
5
6
7
8
9
Clica nos numeros
para ver a nossa viagem